lai

Acesso Rápido

O que você precisa?

Telefones Úteis

Página Inicial Noticias Lista de notícias Cuidado e sensibilidade: Pediatras da Rede Sesa acompanham não só os pequenos, mas toda a estrutura familiar
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Cuidado e sensibilidade: Pediatras da Rede Sesa acompanham não só os pequenos, mas toda a estrutura familiar
Ter, 27 de Julho de 2021 00:00

images/2021/banner_dia_pediatra_jul2021_002.png

 

Especialidade médica dedicada à saúde de crianças, pré-adolescentes e adolescentes, a Pediatria também apresenta um olhar especial para a família. “É uma profissão que precisa de muita sensibilidade. Porque não é só o bebê. É a mãe, é o pai, é a estrutura familiar”, argumenta a pediatra Adriana Maria Gurgel Maia, que atua no Hospital e Maternidade José Martiniano de Alencar (HMJMA), da Secretaria de Saúde do Ceará (Sesa). Os cuidados, ela lembra, começam ainda nos primeiros dias de vida dos pequenos.

 

A unidade hospitalar acaba de ampliar o acompanhamento ambulatorial de bebês nascidos no HMJMA – de três para seis meses. “Assim, a gente acompanha o crescimento, o desenvolvimento, a alimentação, a vacinação e primamos, sobretudo, pelo aleitamento materno”, destaca a médica.

 

As crianças nascidas no hospital têm cinco consultas já confirmadas: a primeira com dez dias de nascido; a segunda com um mês; a terceira com dois meses; a quarta com quatro meses; e a quinta com seis meses de vida.

 

Os cuidados são fundamentais e se tornaram ainda mais importantes durante a pandemia. A pediatra afirma ser perceptível o aumento do número de gestantes que se descuidaram durante o pré-natal por medo do coronavírus. Por este motivo, muitos bebês têm necessitado de atenção especial. “Infelizmente, temos visto muitos casos, inclusive de crianças com sífilis. Esses bebês vão precisar de mais atenção e cuidados”, sublinha Maia, esclarecendo que, além da assistência, o HMJMA já realiza os devidos encaminhamentos para a rede pública estadual.

 

Pediatria na Rede Sesa


A Rede Sesa possui especialistas pediatras nas mais diversas áreas atuando nas unidades de saúde de média e alta complexidade. Referência no tratamento de doenças infectocontagiosas, o Hospital São José (HSJ), por exemplo, conta com um Ambulatório de Pediatria para prestar assistência a crianças expostas e/ou infectadas por HIV, sífilis e toxoplasmose.

 

images/2021/banner_dia_pediatra_jul2021_003.png

 

As crianças acompanhadas são, normalmente, encaminhadas ao São José após o nascimento ou referenciadas por outros hospitais, como o HMJMA. “Quando uma mulher detecta, durante o pré-natal, que tem alguma doença que pode ser transmitida ao bebê, essa criança precisa obrigatoriamente de um acompanhamento, pois é preciso definir se houve só uma exposição ou infecção, seja por sífilis, HIV, toxoplasmose, citomegalovírus ou por hepatites”, orienta a médica infectologista pediátrica Gláucia Ferreira, que atua no HSJ.

 

Já o Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes (HM) é referência no Norte e Nordeste no diagnóstico e tratamento de cardiopatias congênitas e transplantes cardíacos pediátricos. No Brasil, estima-se que, anualmente, cerca de 28 mil crianças nascem com problemas cardíacos. A especialista Isabel Cristina Leite, chefe da Enfermaria Pediátrica do HM, reforça a importância da atuação profissional. “A cardiologia pediátrica é essencial no diagnóstico precoce e tratamento das doenças cardíacas em crianças”, afirma.

 

Atuando há 16 anos como cardiopediatra, Leite também destaca sua forte relação com a especialidade. “Quando eu ainda era residente em Pediatria, fiz um estágio no ambulatório aqui do Hospital de Messejana. Por coincidência, estava grávida e meu filho nasceu com cardiopatia congênita. Foi a partir daí que eu decidi a minha especialidade. Queria ajudar outras crianças que nascem com o mesmo problema. Tenho uma relação muito forte com a minha profissão”, pontua.

 

images/2021/banner_dia_pediatra_jul2021_001.png

 

O Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC) é referência no cuidado obstétrico e neonatal. Como unidade terciária de alta complexidade, voltada para a atenção aos bebês prematuros e em situação de prematuridade extrema, possui 93 pediatras dedicados ao atendimento especializado. O cuidado intensivo é aliado à alta tecnologia, humanização e dedicação de profissionais comprometidos em ajudar a salvar a vida dos pequenos.

 

Atualmente, cerca de 600 pediatras, que têm seu dia destacado no calendário neste 27 de julho, compõem a especialidade na Rede Sesa.

 

Sensibilidade


A pandemia também tornou evidente a sensibilidade dos profissionais da Pediatria. Em alguns casos, mesmo não estando na linha de frente do combate à Covid-19, muitos profissionais se tornaram “comunicadores”. No Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara (HGWA), os especialistas foram os responsáveis por entrar em contato com as famílias de pacientes para fornecer o boletim médico sobre o ente querido, internado por complicações da doença.

 

images/2021/banner_dia_pediatra_jul2021_004.png

 

Para a coordenadora da Pediatria, Lorena França, a satisfação em acompanhar a equipe e perceber os resultados, além de receber a grande quantidade de elogios pelo diferencial no atendimento, foi gratificante. “Os pediatras se dedicaram muito nas atividades as quais foram alocados e receberam diversos elogios de familiares e funcionários pela competência e leveza com que os médicos atuaram nesses meses”.

 

Texto: Diana Vasconcelos, Diego Sombra, Jessica Fortes, Wescley Jorge e Bruno Brandão

Fotos: Diana Vasconcelos, Diego Sombra, Jessica Fortes e Bruno Brandão

 

 

Serviços

Agenda - Dezembro 2021

Do Se Te Qu Qu Se Sa
28 29 30 1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31 1

Hospital de Messejana - Dr. Carlos Alberto Studart - Avenida Frei Cirilo, 3480 - Messejana - CEP - 60.846-190 Fortaleza/Ce

Fone: (85) 3101-4075 Fax: (85) 3101-4078

© 2009 - Governo do Estado do Ceará. Todos os Direitos Reservados